fbpx
  • Professores da LOI English: Brad Burgess

    Dar a conhecer os professores da LOI English tem sido um trabalho divertido. Afinal de contas, falar com pessoas interessantes é sempre enriquecedor. Esta semana conversei com Brad Burgess, um dos professores nativos da LOI English. Embora seja do Canadá, Brad vive atualmente em Tóquio, no Japão, tendo vivido anteriormente em New York City, EUA.

    Brad contou que o seu interesse por ensinar Inglês veio da sua vontade de conhecer pessoas de diferentes países, ter contato com diferentes culturas e viajar, sendo que a forma mais fácil que encontrou para poder realizar esses seus sonhos foi exatamente ensinar Inglês. Além disso, Brad disse que se diverte muito ensinando, que gosta da variedade de personalidades com as quais lida diariamente e que isso faz com que o seu trabalho como professor nunca seja enfadonho.

    Segundo ele, a maior parte dos seus alunos é do Brasil e, por norma, têm níveis de Inglês que variam entre o intermediário e o avançado. Questionei Brad sobre a proveniência dos alunos brasileiros que costuma ter, de acordo com as estimativas do professor, cerca de 90% dos brasileiros a quem deu aulas é de São Paulo e buscam melhorar os seus conhecimentos de Inglês para negócios.

    Por causa dessa grande procura, por parte dos alunos, para a aprimoração do Inglês de forma a conseguirem uma evolução na sua carreira, perguntei se a especialidade de Brad era essa, mas, afinal, não é. Brad disse que o ensino do Inglês é a sua especialidade. Porém, normalmente, é procurado por pessoas que pretendem ter aulas de Inglês para negócios ou que vêm na sua experiência como programador e produtor musical uma mais valia para melhorar os seus conhecimentos de Inglês nessas áreas em específico.

    Tal como fiz com os outros professores da LOI English com quem falei, perguntei ao Brad quais eram as maiores dificuldades dos brasileiros que estudam Inglês. De acordo com a sua experiência, a pronúncia é, de fato, um problema que tem que ser trabalhado. Brad acredita que a prática é a melhor forma de melhorar as capacidades linguísticas de um estudante de Inglês. Por isso mesmo, quando perguntei se tinha alguma dica para brasileiros que querem melhorar a sua pronúncia, a sua resposta foi simples: praticar o Inglês, seja lendo ou conversando.

    Além disso, ter atenção às correções feitas pelos professores, já que é a partir delas que o aluno consegue compreender exatamente onde está o problema, e tentar aprender mais sobre a cultura dos países anglófonos são pontos fundamentais para quem quer aperfeiçoar o seu conhecimento da língua.

    Brad comentou também que os seus assuntos preferidos quando dá aulas de conversação são cultura, artes e psicologia. Tendo isso em consideração, se você pretende seguir a dica dele e aprender mais sobre a cultura de países que têm o Inglês como língua oficial, ele parece ser a pessoa certa para ajudar!