fbpx
  • Linguagem coloquial: Você sabe falar em ambientes informais?

    Image courtesy of Idea go / FreeDigitalPhotos.net

    É certo que quando estamos aprendendo um idioma enriquecer o vocabulário é de extrema importância. Para além disso, falar e escrever corretamente são outros pontos fundamentais. No entanto, nem sempre os nativos com que a gente planeja conversar vão usar palavras que a gente aprende em aulas de Inglês convencionais.

    Ao longo dos anos conheci muitas pessoas de diversos países que diziam querer aprender Português, tinham aulas e tentavam treinar. Até sabiam algumas coisas para além do básico. Porém, todos comentavam que ler era sempre mais fácil do que entender o que as pessoas diziam.

    Isso não acontece necessariamente por causa dos sotaques, mas porque nós usamos uma linguagem coloquial, com muitas gírias, quando estamos econversando com amigos. Como alguém vai entender, de cara, o que a maior parte das expressões quer dizer? Não tem como! Por isso que tal como quem quer aprender Português tem que se dedicar a aprender vocabulário coloquial, nós temos que fazer o mesmo se queremos dominar o Inglês.

    Por isso é que eu acredito que focar também na construção de um vocabulário mais coloquial não é perda de tempo. No fundo, você está aumentando o seu conhecimento da língua, mas em um nicho que será mais útil quando você estiver em ambientes descontraídos e não necessariamente para o trabalho. Há quem comece a entender a necessidade de ter um vocabulário diversificado, que possibilite tanto uma conversa com um CEO, como uma conversa com a menina que trabalha no caixa do supermercado. Daí que estejam surgindo publicações como o Street Language, um livro que ensina gírias em Inglês, para que você entenda como as pessoas falam em ambientes informais.

    Várias pessoas têm procurado aprender Inglês por razões profissionais, isso é altamente louvável. Contudo, se o conhecimento da língua se restringir apenas ao ambiente e vocabulário empresarial, se você for viajar e quiser conhecer alguém na praia ou em um bar, como você vai fazer para não parecer completamente deslocado?

    Aprender Inglês dá trabalho, é algo que deve ser contínuo e deve servir aos propósitos de cada um. Não há problema nenhum em focar mais em vocabulário adequado para uma reunião de negócios ou para a elaboração de investigação científica, desde que você também saiba como falar com pessoas fora desses círculos.

    Afinal de contas, se você apenas soubesse usar o Português formal, navegar na internet, ver filmes atuais, compreender letras de músicas ou apenas ver o noticiário seriam tarefas um pouco complicadas, não acha?